Quem tem Festa Junina e Dia das Crianças não precisa de Halloween

By Edu, 31 de outubro de 2009

Queria escrever um pouco sobre a experiência do Halloween nos Estados Unidos mas ao mesmo tempo não gostaria de exagerar nem parecer ser um defensor do costume.

Li (mais) um excelente post de Seth Godin sobre a razão pela qual as pessoas celebram o Halloween. Segundo o autor, a resposta é simples: Porque todo mundo o faz. E acrescenta:

Most of what we believe is not a result of direct experience (ever seen an electron?) but is rather part of our collection of truth because everyone (or at least the people we respect) around us seems to believe it as well.

Tradução Livre: A maioria das coisas que acreditamos não é o resultado de uma experiência direta (você já viu um elétron?) mas sim parte de uma coleção de verdades porque todos ao nosso redor (ou pelo menos as pessoas que respeitamos) parecem acreditar também.

Muitos entendem que deveríamos celebrar nossas lendas brasileiras, como Saci, Curupira e tantas outras. Concordo, mas a grande diferença que vejo é o fator social que existe no Halloween, mas que não existe em nenhuma destas lendas. Só posso comparar a comemoração americana às nossas festas juninas: Crianças e mesmo adultos se fantasiam, existe uma grande integração entre pais, crianças, sociedade. Em muitas cidades, eventos públicos são promovidos pelas administrações municipais.

Quando celebrado no Brasil, o Halloween tem o mesmo sabor de um carnaval na Alemanha (pude ver um em Munique). Fora de sintonia, fora de lugar. Nem todos sabem do que se trata nem do que devem fazer. Muitos torcem o nariz. Acho que é apropriado ensinar sobre o costume em escolas de inglês (sim, lembro ter feito uma redação sobre Halloween há uns 15-20 anos) mas não podemos tentar “forçar” algo que não é natural e nada tem a ver com nossa cultura.

Pessoalmente, não trocaria nosso combo “festa junina+dia das crianças” (que por sinal não existem por aqui) por Halloween nenhum.

Facebook Comments