Seria o Twitter nossa mais nova Bola do Tempo?

By Edu, 29 de outubro de 2009

Ao ler o artigo de ontem da Daniela Arrais na Folha – “Twitter funcionará como espírito do tempo, diz fundador”, não pude parar de pensar em um ítem que vi há algum tempo no relativamente novo Smithsonian / Museu Nacional do Índio Americano, em Washington, DC:

Se trata de uma Bola do Tempo, ou “Time Ball”, utilizada pela tribo Yakama no estado americano de Washington. Em muitas culturas, a transferência do conhecimento e da história para futura gerações é feita de forma oral.

Esta é a forma que as mulheres da tribo encontraram para guardar e se recordar de eventos, para que a história possa então mais tarde ser recontada a gerações mais jovens. Assim que se tornavam noivas, começavam a marcar em uma espécie de barbante os eventos da vida, amarrando nós para dias e semanas e acrescentando pequenas miçangas coloridas para eventos especiais.

Então, enrolavam o barbante como uma bola conhecida como “ititamat” ou “contando os dias”. A bola ia então ganhando tamanho à medida que os eventos aconteciam. Às vezes, para manter a bola num tamanho razoável, elas começavam um novo novelo depois de 25 anos.

Desta forma, então, era possível recontar a história da vida e até mesmo saber com certa precisão a data de nascimento das crianças e outros fatos relevantes. Quando as mulheres morriam, suas bolas do tempo eram enterradas junto com elas.

Se voce está no Twitter ou qualquer outra plataforma social, já tem sua espécie de bola do tempo virtual aberta ao mundo, só talvez não sabia, ainda.

Como, quando e por que você gostaria de recontar essa história, e quais seriam suas miçangas?

Foto Eduardo Castilho. Fonte original Bonnie M. Fountain. Adaptado do original em inglês aqui.

Facebook Comments